Tes preguntas? Nós temos as respostas.

Fai a tua pregunta:

0
Como reduciriades o desemprego?

aberta 3 respostas 77 vistas Traballo
Que habería que facer para que o desemprego baixase, por exemplo, ao 2% da poboación activa.

3 Respostas

0
Não o reduziria. Trabalhar apenas por dinheiro é uma forma de prostituição. A maioria dos trabalhos mais ingratos podem ser realizados por robots, pelo que a gente deveria ter liberdade para fazer outras coisas mais interessantes com a sua vida.
respondida por anónimo 26 de xan, 2016
1
O 2% é considerado na teoria de política económica ( e até ao 4%) um desemprego estacional, quase voluntário ou de trânsito de um emprego para o outro, portanto é uma situação de pleno emprego.

O pleno emprego nunca existiu, existiu o pleno emprego masculino, mas o pleno emprego nunca.

Acontece que há países com taxas de desemprego muito baixas (Japão, Coreia do Sul, Dinamarca, Luxemburgo ou Austria). Para isto acontecer podem ser classificados dois grupos:

- Paraisos fiscais (não é preciso explicar o motivo, o fluxo de capital e investimento estrangeiro consegue gerar riqueza para  ocupar os trabalhadores locais).

- Paises, normalmente do norte da Europa ou anglo-saxônicos, aqui a aposta na economia fincanceira ou produtiva está na origem e é âncora de uma economia que gera emprego, basicamente é resultado de investimento no capital humano, confiança social e muita dose de colonialismo bem aproveitado. Tudo isto durante séculos.

Nos países do sul da Europa a aposta tem sido o curto prazo, construção civil, obra pública e turismo, o que necessariamente implica taxas elevadas de desemprego cíclicas
respondida por Brianhabana (2,900 puntos) 28 de xan, 2016
1comentarios
comentado por anónimo 29 de xan, 2016
Então a solução para a Galiza é independizar-se e converter-se num paraíso fiscal! Avante!
0

O desemprego non existe , é criado polo propio sistema ao non distribuir riqueza e tecnoloxía de xeito solidario. No futuro, de seguirmos sen reformar o estruturamento económico, só vai ficar máis xente na lameira. A solución xa a ten apuntado Keynes nos anos 30 do pasado século, e non é outra que traballar menos, e repartir as plusvalías da robotización entre a comunidade. É por iso que algúns paises están a plantexar un xornal para quen non desexe luxos superficiais. 

 

Exemplo: 

 

https://twitter.com/jesusmarana/status/741731092974194689 

 

De seguirmos así. ou roer, ou:

1- Facer cotizar os robots por 3 persoas.

2- Reducir xornadas a 20 h. semanais. ( xa acontece, por iso se despide a xente e se contrata por obra)

3- Considerar a quen vive no rural como coidadores do ben común, e pagarlles a eles no canto de a cultivos. (reforma da PAC)

4- Dereito a 3 anos sabáticos por persoa-

5- Aumentar servizos de benestar por mor do envellecemento.

6- Xubilación aos 50 de xeito voluntario. 

 

Todo iso págase co traballo da robótica, e recuperando o gravame dos anos 50 do sec. XX para as empresas, e soltando aquelas que fan dumping social a través da escravatura en paises onde a xente non ten dereitos.

respondida por doceasubio (1,880 puntos) 11 de xuñ, 2016
editada por doceasubio 11 de xuñ, 2016
Hospedado na nube de

...